quinta-feira, 31 de março de 2011

Constelações - Cão Maior

Canis Majoris (CMa)
   
Tirei essa foto em meio à severa poluição de S.Paulo,
enquanto a bela constelação nascia a Leste.
   Cão Maior é a 43ª maior constelação do céu, visível de todo o hemisfério sul e quase todo o norte. O desenho da constelação tem origem grega, o Cão maior é um dos dois cães de caça do gigante guerreiro Órion. A constelação abrange parte da mancha visível da Via-Láctea, tendo um grande número de estrelas visíveis e DSO's interessantes para a astronomia amadora.
   É visível durante todo o verão e outono, voltando a aparecer nas madrugadas de primavera.
   Entre tantas belezas que se escondem nesses pedacinho do céu, uma delas é a estrela mais brilhante do céu, Sirius, o olho do cão maior, segundo a mitologia, que na verdade é uma estrela um pouco maior do que o Sol, mas está perto, apenas 8,6 anos-luz de distância, por isso parece tão brilhante.
   Particularmente Cão Maior é minha constelação favorita, pela sua beleza e variedade de cores nas estrelas e tambem pelos aglomerados que se escondem nela. Espero que gostem tambem!

Estrelas principais:
αCMa: Sirius, magnitude: -1,41
classe espectral: A
βCMa: Mirzam. magnitude: 1.95
classe espectral: B1
δ CMa: Wezen, magnitude: 1.8
classe espectral: F8
ε CMa: Adhara, magnitude: 1.5

classe espectral: B2
η CMa: Aludra, magnitude: 2.45
classe espectral: B5
ζ CMa: Forud, magnitude: 3.0
classe espectral: B2


Objetos de Interesse


NGC 2362
Tipo: Aglomerado aberto
Magnitude: 3.8
   É um aglomerado compacto, em volta da estrela tau CMa, uma supergigante azul de magnitude 4.85. Com um telescópio pequeno é possível ver mais de 10 estrelas entre as magnitudes 8 e 10.




M 41
NGC 2287
Tipo: Aglomerado aberto
Magnitude: 4.5

   Fantástico aglomerado, muito bom para telescópios e binóculos de qualquer tamanho. São visíveis mais de 50 estrelas entre as magnitudes 7.5~11, nas cores branco-azul e alaranjadas, com uma gigante vermelha de magnitude 6.9 ao centro. Muito fácil de localizar, parece ser o "coração do cão maior".


A parte de tras da constelação, que envolve as estrelas tau, Adhara, Wezen e Aludra é uma região muito rica em estrelas, basta apontar um binóculos ou "passear" com as lentes de um telescópio que serão vistos inúmeros pontinhos brilhantes, formando uma bela visão para o observador.

3 comentários:

  1. o que é DSO's ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem uma pagina no blog explicando - > http://cabecanoespaco.blogspot.com.br/p/doss.html

      Excluir